Tratamento para Ejaculação Precoce

O tratamento para ejaculação precoce pode ser feito de diversas maneiras dependendo das causas, sejam elas de origem psicológicas ou físicas. Por isso, antes de falarmos sobre o tratamento em si, precisamos entender o que é a ejaculação precoce e quais suas causas em cada caso.

O que é Ejaculação precoce?

A ejaculação precoce, também chamada, prematura, ocorre quando um homem ejacula mais cedo do que o esperado durante a relação sexual, após uma pequena estimulação sexual. Caso esse problema aconteça uma vez ou outra, não precisa se preocupar. Porém, se isso acontece frequentemente, é necessário buscar um especialista.

ejaculacao-precoce-tratamento

Contundo, não há motivos para preocupação, já que a ejaculação precoce é um problema considerado comum. Alguns estudos mostram que esse problema é apresentado em um a cada três homens.

Em alguns casos, a ejaculação precoce acontece quando o indivíduo é inexperiente, ou está muito tempo ser ter relações sexuais ou se ficou nervoso no momento do ato sexual. Nesses casos a ejaculação precoce pode ser considerada normal, devendo se preocupar apenas se o fato continuar a ocorrer com recorrência.

Um grande problema da ejaculação precoce é que ela afeta a confiança do homem e isso causa uma frustração também na sua parceira. No entanto, existem tratamentos tanto psicológicos, quanto para problemas fisiológicos que ajudam o homem a ter relações sexuais normalmente, por um tempo prolongado. Existem também medicamentos que combatem esse problema e que são prescritos em alguns casos.

Quais os principais sintomas da ejaculação precoce?

Alguns pacientes confundem a ejaculação precoce com distúrbios de impotência. Os dois problemas estão intimamente ligados à disfunção sexual, porém, apesar de alguns homens sofrerem ambos, precisamos notar que cada um tem sintomas e causas diferentes.

A impotência sexual pode ser definida como a incapacidade de ter uma ereção por tempo suficiente para manter uma relação sexual que satisfaça ambas as partes. Já a ejaculação precoce acontece quando um homem ejacula rapidamente durante o ato sexual ou até mesmo antes da penetração.

Conheça um método comprovado para tratamento de ejaculação precoce clicando aqui.

Na medicina, é considerada ejaculação prematura quando ela acontece em menos de dois minutos.

A ejaculação precoce não ocorre somente durante a relação sexual e pode acontecer também durante a masturbação. Existem dois tipos de classificação para a ejaculação precoce: a primária e a secundária. A ejaculação precoce primária é considerada quando os problemas são identificados ao longo da vida do paciente, como vemos abaixo:

  • Dificuldade de manter uma ereção com menos de um ou dois minutos de penetração;
  • Falta de controle para manter a ereção durante a relação;
  • Stress, frustração ou problemas com a parceira.

Quando falamos de ejaculação precoce secundária, podemos dizer que é uma manifestação igual os da ejaculação primária, mas que nem sempre fizeram parte da sua vida sexual. São homens que mantinha relações sexuais sem problema algum e por algum motivo passaram a apresentar o distúrbio.

Quais as causas da ejaculação precoce?

São diversos fatores que podem ocasionar a ejaculação precoce. As causas podem ser psicológicas, físicas ou genéticas. Não há uma causa determinante da ejaculação precoce, mas em sua maioria, o problema é psicológico e que estar ligado ao stress, depressão ou insegurança.

O tratamento para ejaculação precoce de origem psicológica pode ser por meio de terapia, na qual é importante entender os problemas emocionais e psicológicos do paciente.

Para entender como os fatores psicológicos afetam a ejaculação é preciso saber como funciona o processo que começa no cérebro. Basicamente o cérebro emite sinais ao sistema nervoso através da serotonina, que por sua vez, é absorvida por receptores. A serotonina tem efeito calmante no corpo e faz com que o deixe o homem incapaz de controlar seus orgasmos e daí ocorre a ejaculação precoce.

Clique aqui e conheça o tratamento para ejaculação precoce comprovado.

A serotonina também é responsável por afetar outros processos do cérebro. Quando se está passando por problemas emocionais ou psicológicos, o corpo pode ficar sem serotonina e quando estimulado sexualmente, o corpo irá liberá-la e os receptores irão absorver muito rápido, causando o ejaculação precoce.

Abaixo estão listados alguns fatores psicológicos que causa a ejaculação precoce:

Condicionamento mental

O problema pode ser causado por alguma experiência anterior negativa, como a desaprovacão da masturbação por parte de familiares, que ocasionou em masturbações rápidas para evitar que alguém descobrisse. Outro motivo pode ser a pressão nas primeiras relações sexuais para ser rápido.

Trauma

Esse motivo é até comum. Existem casos que homens sofreram experiências sexuais traumatizantes e isso ocasiona em nervosismo no momento do ato sexual.

Ansiedade

Algumas pessoas sofrem com problemas de ansiedade e isso também pode influenciar na experiência sexual. Por ir à uma relação com muita ansiedade, a ejaculação precoce pode acontecer. O problema é quando essa ansiedade se torna constante.

Depressão

Diferente do que algumas pessoas podem achar, a depressão não afeta somente a mente, mas o corpo também. Problemas emocionais, tristeza profunda e depressão impactar na performance física em diversos aspectos, inclusive no sexo. Nesses casos, o uso de antidepressivos também pode causar a ejaculação precoce.

Falta de confiança

Por problemas de timidez e falta de confiança, alguns homens perdem a capacidade de ter uma boa desenvoltura no momento do ato sexual. Isso ocorre com mais frequência em jovens e em homens que passaram por experiências negativas.

Stress

O stress é um mal que assola a sociedade atual e isso pode impactar diretamente na performance sexual do homem, pois a preocupação e a fadiga desgastam o corpo e acarretam em problemas de ereção e de ejaculação.

Junto a isso, a falta de exercícios físicos também pode causar problemas no desempenho sexual. Em alguns casos de stress, o tratamento é feito com medicamentos, juntamente com um acompanhamento psicológico.

Saiba mais sobre o tratamento para ejaculação precoce clicando aqui.

Confira agora alguns fatores físicos da ejaculação precoce:

  • Níveis hormonais acima do normal
  • Níveis de neurotransmissores acima do normal
  • Atividade anormal do sistema ejaculatório
  • Distúrbios da tireoide
  • Inflamação ou infecção na próstata e na uretra
  • Fatores genéticos
  • Danos no sistema nervoso causados por experiências traumáticas ou cirurgias.

Quais são as formas de tratamento para ejaculação precoce?

Existem algumas formas para tratar o problema de ejaculação precoce. Alguns tratamentos são psicológicos e outros envolvem medicamentos.

desempenho-sexual

Conheça alguns métodos disponíveis hoje:

Por meio de medicamentos:

Existem alguns medicamos no mercado disponíveis para o tratamento da ejaculação precoce. Basicamente esses medicamentos aumentam a duração da relação sexual. Um dos remédios famosos é o Priligy, que vem mostrando um excelente desempenho nos homens que utilizaram.

Exercícios físicos

Por conta do sedentarismo, muitos homens acabam apresentando problemas de vários tipos, inclusive a ejaculação precoce. Por isso, muitas vezes é recomendado fazer exercícios físicos com regularidade.

Exercícios penianos

Existem alguns tratamentos alternativos que têm como base exercícios para o pênis. Acredita-se que esse é um método natural bastante eficiente em muitos casos. Existem homens que tiveram excelentes resultados com esse tipo de tratamento.

Esses exercícios levam um tempo para fazer efeito e precisam ser feitos com regularidade. Dessa forma, o homem consegue desenvolver um maior controle sobre a ejaculação.

 

Terapia

Em casos que o problema é psicológico, o mais indicado é buscar um terapeuta para tratar de suas emoções. Existe uma grande eficiência nesse método, porém o tratamento pode levar bastante tempo para surtir efeito.

Cirurgia

Em alguns casos é necessário uma intervenção cirúrgica para reduzir os estímulos sensoriais do pênis. Esse é um processo mais invasivo e pode trazer riscos maiores.

Tratamentos naturais

Alguns tratamentos naturais têm se mostrando bastante eficientes para a cura da ejaculação precoce. Caso o paciente não esteja disposto a aderir a um dos métodos já citados, essa é uma excelente alternativa. Para saber mais sobre o tratamento natural, clique aqui.